fbpx

Troca de trabalho por hospedagem: como é?

Por Lizandra Telles
Troca de trabalho por hospedagem: como é?

Você tem um espírito aventureiro e está disposta a ajudar os outros para poder viajar? Então pode ser que esse post seja feito para você, conheça a troca de trabalho por hospedagem.

Essa troca de trabalho, ou também chamado de Work Exchange, é quando voluntários oferecem seu tempo e habilidades para trabalhar em troca de acomodações gratuitas. 

Esse tipo de trabalho em troca de acomodação ajuda o voluntário e o anfitrião a alcançarem seus objetivos sem gastar muito dinheiro, trazendo benefícios para ambas as partes. 

A troca de trabalho é diferente de outros programas de trabalho no exterior, como o Au Pair, por exemplo, porque geralmente não são pagos.

Com exceção, alguns programas de troca de trabalho também oferecem uma pequena quantia em dinheiro.     

>>>Seguro de viagem: Faça aqui seu seguro de viagem com desconto

Banner Como viajar sozinha com segurança

Como funciona a troca de trabalho por hospedagem?

Geralmente, espera-se que você ajude cerca de 5 horas por dia em troca de acomodação e comida.

Alguns anfitriões podem conceder um subsídio pago para garantir que eles estejam oferecendo pelo menos o salário mínimo em seu país.

Que tipo de trabalho você pode fazer? 

Troca de trabalho por hospedagem: como é?

É uma lista longa e diversificada. Fazendas, trabalhos manuais, recepção, entretenimento, marketing digital, instrutores de idiomas e outros. 

Geralmente, os anfitriões apresentam expectativas em relação ao voluntário, variando de horas de trabalho por dia / semana, requisitos de trabalho, opções de comida e tudo mais.

Recomendo você fazer seu seguro de viagem pelo Seguros Promo, pois apresentam seguradoras com a melhor cobertura e menor preço para que sua viagem seja tranquila.

Minhas experiências com troca de trabalho por hospedagem

Trabalho de recepção em Santiago no Chile

Essa experiência foi enriquecedora, tive a oportunidade de trabalhar na recepção do hostel Providencia Bed & Breakfast em troca de hospedagem e comida, pelo Worldpackers.

O anfitrião Ignácio e sua família me receberam muito bem, fui muito bem acolhida nas duas semanas que trabalhei no hostel.

O trabalho era bem tranquilo, receber os hóspedes, oferecer água ou café, às vezes ajudar no supermercado e outras atividades.

Além de conhecer novas pessoas e tentar praticar o espanhol, tive bastante tempo livre para conhecer Santiago.

O bairro que fiquei era bastante tranquilo e seguro, o bairro de Providência, um dos melhores bairros para se hospedar em Santiago.

Fiquei realmente encantada por tudo e pela receptividade das pessoas que encontrei em Santiago.

Trabalho de conteúdo para blog em Foz do Iguaçu

Como minha primeira experiência pelo Worldpackers havia sido maravilhosa, resolvi fazer outra experiência em Foz do Iguaçu.

Estava combinado que cuidaria das redes sociais do hostel, em troca de hospedagem e passeios. Mas pelo Worldpackers não foi muito bem o que aconteceu.

Cheguei no local indicado pelo site, o hostel estava fechado e em reforma, fui para o outro hostel com o mesmo nome, Bambu Green House Hostel.

O local era totalmente bagunçado e mau cuidado, com os lockers todos quebrados, quem estava no hostel eram somente os voluntários. Enfim, não conseguiria ficar lá e até mesmo divulgar aquele lugar.

Então, por conta própria, encontrei o Concept Design Hostel, hostel extremamente organizado e estruturado. Em troca de hospedagem e passeios, fiz posts para o blog do hostel.

Foi quase um mês de aventura em Foz do Iguaçu, que começou estranho, depois foi muito bem.

Sites que oferecem troca de trabalho por hospedagem

1.  Workaway

Troca de trabalho por hospedagem - Recepção

Workaway é um site de Work Exchange mais popular, com 24.000 lugares diferentes para morar e trabalhar. 

O site permite que os viajantes trabalhem um número acordado de horas em troca de um lugar para ficar e comer. As oportunidades variam, mas geralmente cobrem o voluntariado em um hostel, em uma fazenda ou no ensino de inglês.

2. WWOOF

O WWOOF (Oportunidades Mundiais para Fazendas Orgânicas) foi fundado 1971, e se você estiver procurando exclusivamente trabalho agrícola, essa é a melhor opção.

WWOOF é um acrônimo para trabalhadores voluntários em fazendas orgânicas e fornece uma mediana concisa para voluntários aspirantes a encontrar-se com potenciais anfitriões. 

As fazendas precisam ser orgânicas e os voluntários precisam estar prontos para trabalhar. Possuem fazendas registradas em todo o mundo, em 103 países

3. Helpx

O site foi lançado em 2001, o Helpx se tornou uma das formas mais populares dos viajantes obterem acomodações gratuitas. 

Semelhante ao WWOOF, o Helpx tem uma enorme quantidade de opções de troca de trabalho agrícola.

Quando comparado aos outros sites, muitas pessoas preferem o Helpx, alegando que ele tem consistentemente as postagens mais atuais e as taxas de resposta mais rápidas.

4. Worldpackers

O site do Worldpackers mostra vários lugares do Brasil e exterior, que recebem voluntários em troca de suas habilidades. 

Os viajantes podem pesquisar por habilidades, locais e também pelo tipo de experiência que gostariam de ter (por exemplo, cidade, impacto social ou praia). 

Como já disse, tive duas experiências com o Worldpackers, uma muito boa e outra realmente decepcionante. Mas cabe avaliar para você o que vale a pena em sua experiência de troca de trabalho por hospedagem.

Você tem interesse em fazer esse tipo de trabalho? Tem alguma experiência para contar? Coloque nos comentários.

Planeje sua viagem com Roteiros para Viajantes

Faça seu seguro de viagem com desconto! Em parceria com a Seguros Promo indicamos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

Faça sua reserva de hostel, hotel ou apartamento por aqui através de nosso parceiro Booking!

Alugue seu carro aqui! Indicamos a melhor opção de preço e qualidade para você através de nosso parceiro Rentcars.

VOCÊ PODE GOSTAR

Escreva um comentário